Resgate que Durou 12 Horas Salva a Vida de Cãozinho que Estava Preso em Buraco

Resgate que Durou 12 Horas Salva a Vida de Cãozinho que Estava Preso em Buraco

Por mais cuidadosos que sejamos, nossos animais de estimação são como crianças de verdade e no mínimo de descuido que temos, as vezes acontecem coisas que não podemos nem imaginar. Por isso devemos estar sempre atentos a eles para evitar que se metam em encrencas e coloquem suas vidas em perigo.

Esta lição foi mais do que aprendida pela família de Max. Esse cachorrinho um tanto travesso tentou perseguir um coelho, e quase morreu sufocado.

Há algumas semanas, os bombeiros desta cidade britânica atenderam a um chamado peculiar. Era o dono de Max relatando que ele havia desaparecido depois de entrar em uma toca construída por coelhos.

O cachorro os perseguiu sem saber que estava indo para uma armadilha.

Aparentemente, o dono tentou tirar Max, mas ele acabou afundando ainda mais.

O maior medo que existia era que o cão sufocasse. Então a Unidade Técnica de Resgate e Bombeiros de West Sussex chegaram ao local e começaram a agir imediatamente.

Os profissionais foram forçados a usar imagem digital e equipamento de reconhecimento de som para encontrar o paradeiro de Max no sistema de túneis que os coelhos construíram.

“Assim que fizemos um buraco no túnel, Max colocou a cabeça para fora e saiu. Com uma pequena ajuda de seu dono, o cachorro conseguiu obter energia suficiente para escapar. Uma pequena raposa saiu ao lado dele ”. Disse o comandante da unidade de resgate.

Embora o incidente possa parecer simples, o resgate levou quase 12 horas. E durante todo esse tempo o bravo Max lutou no subsolo para se manter vivo.

Mas o animal não estava sozinho, o vídeo que você verá no final desse artigo, mostra que o cão foi resgatado unto de um filhote de raposa que havia ficado preso também.

Parece que Max não foi o único a cair na armadilha dos astutos coelhos.

A raposa correu para os arbustos assim que foi resgatada. Enquanto Max correu para os braços de seu dono. Felizmente, o cão não sofreu nenhum tipo de lesão, mas ficou com sede e assustado após 12 horas preso na toca.

“Ficamos todos felizes em ver Max com seu dono novamente. Estamos confiantes de que ele e a raposa aprenderam a lição e ficarão fora dos túneis dos coelhos. ” Charlie disse.

A equipe saiu de cena quase às 3 da manhã, após o incrível trabalho de resgate que realizaram. Embora para alguns possa parecer bobagem chamar o corpo de bombeiros para esse tipo de situação, a mulher fez a coisa certa e Charlie apontou isso.

“As pessoas precisam ter cuidado para não se colocarem em risco ao tentar resgatar seus animais de estimação. Temos aparelhos de escuta e câmeras, que nos auxiliam na localização do animal com o mínimo de interrupção e destruição da rede do túnel” ele comentou.

Se você ou seu animal de estimação estão em risco, não hesite em chamar o pessoal treinado para fazer o resgate. Compartilhe o caso do Max e mande suas bênçãos para este peludo safado.



VEJA TAMBÉM





Envie seu comentário