O Pequeno Passou a Vida Inteira Trancado no Porão até ser Resgatado e Ver o Sol Pela Primeira Vez

O Pequeno Passou a Vida Inteira Trancado no Porão até ser Resgatado e Ver o Sol Pela Primeira Vez

Quando equipes de resgate invadiram uma fábrica de filhotes de cachorro em Charlotte, Carolina do Norte, eles encontraram um cachorro da raça poodle, ele estavam em tão mau estado que nem podiam dizer aproximadamente a idade dela.

O pobre cãozinho pesava apenas 1,5 kg e tinha apenas três dentes – o resto estava tão podre que precisou ser extraídos.

Uma denúncia anônima levou à invasão do imóvel no outono passado, onde deputados descobriram mais 104 cães em estado parecido, além de 20 gatos e três cabras que viviam em condições completamente desumanas.

O pequeno poodle, morava em uma pequena gaiola cheia de excrementos em um porão que nem ao menos tinha iluminação solar nem ventilação

“Ela era muito pequena e parecia uma criatura indefesa”, disse Jessica Lauginiger, uma das socorristas “Coloquei minha mão na gaiola, e ela subiu e cheirou um pouco. Ela estava muito hesitante pela atenção humana.

Com base em suas glândulas mamárias inchadas, as equipes de resgate supunham que o BB existisse apenas para fins de reprodução e passou a vida inteira confinada a essa gaiola.

Quando ela finalmente foi tirada do porão, ela apertou os olhos repetidamente à luz do sol – ela nunca tinha visto isso antes – e ela estava com o coração dolorosamente não familiarizada com a grama.

O Pequeno Passou a Vida Inteira Trancado no Porão até ser Resgatado e Ver o Sol Pela Primeira Vez

A pequena e todos os outros animais da fábrica de filhotes foram resgatados, e a maioria recebeu atendimento no Hospital de Animais Cabarrus, cerca de 35 minutos ao norte do local que havia sido sua prisão por toda a vida.

Sua situação foi revelada recentemente ao público, quando a pequena foi escolhida para estrelar uma campanha de arrecadação de fundos para ajudar animais como os encontrados na fábrica de filhotes naquele dia e, esperançosamente, um dia acabar essas “fazendas de filhotes”.

Ficou constatado que o Poodle tem entre 7 e 10 anos de idade. Felizmente ela vai ter um resto de vida cercado de amor e carinho, algo muito diferente do que ela sempre conheceu.

Ela foi adotada por Brenda Tortoreo, que anteriormente trabalhava no hospital de animais onde recebeu atendimento.

BB agora está acostumada a correr pela grama, assim como a captar todas as novas paisagens, sons e cheiros de seu novo mundo.

Assista ao vídeo abaixo sobre o resgate do BB e os outros animais!


VOCÊ TAMBÉM VAI QUERER VER





Envie seu comentário