Ninguém queria adotá-la e agora ela se tornou uma heroína para os pacientes com câncer

Ninguém queria adotá-la e agora ela se tornou uma heroína para os pacientes com câncer

Só quem ama os cães sabe qual emoção se sente ao se encontrar com um deles.. Nós nos perguntamos que tipo de cachorro é ele? Carinhoso, brincalhão, desajeitado, preguiçoso… Seja como for, a surpresa é sempre agradável.

No caso de Lady, ela é uma heroína.

Ela é um dos muitos cães que parecem típicos de qualquer abrigo, ela é do Abrigo de Resgate e Cuidado de Animais de Baltimore (BARCS). “Ele é um daqueles cães que ninguém nunca parava para olhar”, disse Bailey Deacon, diretor de comunicações do BARCS.

“Nossa equipe e voluntários gostavam muito dela, mas ela não teve muitas oportunidades para o mundo descobrir como ela realmente é maravilhosa.”

“Ninguém escolheu, as pessoas passaram sem prestar atenção naquele pit bull branco” A verdade é que há muitos pit bulls em abrigos, essa raça é conhecida porque o ser humano em muitos casos deu as costas a ela por desinformação.

Nenhum cachorro é mau, mas eles são muito nobres e se um humano os ensina a machucar, aí está o perigo.

Seu bem-estar sempre esteve em nossas mãos.

Essa história é a melhor prova de bondade para a raça Pitbull. Eles tem um lindo coração que pode salvar o mundo. Essa é a verdade.

Em março um casal foi ao abrigo para encontrar um amigo para seu cachorro, que estava nos últimos dias e precisava de companhia.

Quando foram apresentados a Lady, ela praticamente implorou que a levassem.

“Ela saiu e estava correndo ao nosso redor, fazendo brincadeiras, era perfeita”, disse. “Isso me fez rir e eu sabia que sempre faria isso.” Foi assim que Lady deixou o abrigo. Não demoraram muito para confirmar o quão maravilhosa era, mas o trabalho deles não parou por aí…

A mulher que lhe adotou é enfermeira em uma clínica para pacientes com câncer e um dia ela levou Lady com ela para o trabalho. O cachorro sabe o que significa ficar à margem e ser subestimado, o que pode tê-la sensibilizado a maneira como o fez para incentivar os pacientes.

“Ela faz as pessoas rirem, ou pelo menos sorrir. Eles esquecem por um momento porque estão dentro daquela clínica.

Se tornaram pessoas mais felizes.

Hoje a cadelinha ajuda bastante na clínica. “Nem eu percebi o quão maravilhosa ela era até que sua personalidade começou a fluir aos poucos. Quando cheguei ao abrigo, não pude prever que bênção ela se tornaria.

Ela só precisava de uma chance.

“Ela acabou se tornando um verdadeiro tesouro. Se alguém ainda tem dúvidas sobre sua raça, acho que Lady é o exemplo perfeito de que eles valem tanto quanto qualquer outro cão”.

Às vezes, basta abrir nosso coração para perceber que os cães só querem ser nossos amigos e nos fazer sentir bem.

Compartilhe este lindo final feliz com seus amigos e o valioso trabalho deste nobre cão.

Envie seu comentário