Casal gasta 23 mil para transportar cão abandonado que resgataram em suas férias

Casal gasta 23 mil para transportar cão abandonado que resgataram em suas férias

Um casal estava tendo aquela férias dos sonhos, eles estavam na ilha de Barbados, no Caribe. O casal britânico por acidente acabaram encontrando um cãozinho abandonado na beira de uma estrada e não pensaram duas vezes em resgatar ele.

O casal se chama Georgia Harding e Sam Blackburn os dois amam animais e ficaram muito sensibilizados com a situação que se encontrava o cãozinho, ele estava muito debilitado e magro. Com isso o casal levou o cãozinho até um veterinário, com toda a situação que passaram o casal se apaixonou pelo cãozinho e decidiram adotar ele.

O casal logo escolheu um nome para ele, o cãozinho ganhou o nome de “Simba”, em pouco tempo o cãozinho já se afeiçoou aos seus novos tutores e queria ficar sempre perto deles.

O grande problema que o casal encontrou foi que eles não moram na ilha de Barbados, eles só estavam de férias. Na verdade o casal mora em Liverpool na Inglaterra, que é nada mais de 6.600 quilômetros da ilha. Ao término das férias, eles voltaram para a Europa, deixando Simba pra trás… Só que não por muito tempo.

O casal queria de todo jeito trazer o cãozinho até eles, com isso ele tiveram que desembolsar o montante de R$ 23 mil reais (€ 3,5 mil) para cobrir os custos de transporte do cãozinho.

Quando o cãozinho chegou em solo britânico, precisou ficar 3 semanas em quarentena. Os veterinários encontraram uma série de problemas e doenças no cãozinho, como sarna, carrapatos e úlceras.

As cirurgias e medicamentos necessários para curá-lo custaram mais US$ 10,7 mil (R$ 59,7 mil) ao casal, que pagou de bom grado. Ao todo, Georgia e Sam gastaram mais de R$ 82 mil para ajudar o cãozinho.

O casal busca ajuda financeira com os custos, de modo a cobrir os custos envolvidos com a recuperação do cãozinho Simba. Apesar do alto valor que eles gastaram, o casal está tranquilo e afirma que tudo valeu a pena. Não existe dinheiro no mundo que pague o bem-estar do Simba.

“Ele está desesperado para brincar e pular, então estamos no processo de consertar isso. […] Custou bastante dinheiro todo o processo. Mas valeu a pena. Simba é muito lindo. Ele está em casa são e salvo e se adaptando muito bem, com muito amor”, concluiu a Georgia.



VEJA TAMBÉM





Envie seu comentário