Cão atropelado e deixado para morrer pula nos braços do homem que o salvou

Cão atropelado e deixado para morrer pula nos braços do homem que o salvou

Em países que Rugby é popular, nos dias de grandes jogos, a euforia paira em cima das pessoas, os nervos ficam à flor da pele, sensação que de nós sentimos aqui no Brasil, quando vai acontecer um jogo do nosso time do coração.

Mike é um homem fã de rugby e se lembra bem que em Fevereiro passado, todos os olhos estavam colados à TV a ver a partida em que seu time do coração participava.

A festa estava grande, mas ao se deparar com algo no Facebook, ele deixou a festa com algumas palavras simples: “Eu tenho que ir, cachorro atingido por carro”.

O lugar onde o cachorro foi atingido ficava apenas a 17 minutos de carro. O nervosismo dele era tanto que ele fez esse percurso em apenas 13 minutos.

Quando chegou, os vizinhos que ouviram o acidente conseguiram colocar o animal em uma caixa.

Logo o homem, fundador de uma ONG de Resgate de Cães, agiu de imediato, aliviando as dores do cachorro ferido, envolvendo-o ternamente em um cobertor e colocando-o no carro antes de acelerar para um hospital veterinário.

O animal foi nomeado de cavaleiro. Mesmo com sua vida presa por um fio, ele foi um paciente gracioso. Sua temperatura tinha caído e sua perna estava deslocada e quebrada.

Após duas cirurgias, Cavaleiro agarrou-se à vida com todas as suas forças e escreveu sua própria história.

Durante duas semanas, o homem dormiu no chão, do lado de Cavaleiro.

Apesar do longo caminho que o patudo tem para percorrer, Mike esta confiante e continua sua batalha, desta vez levantando fundos para o tratamento médico que Cavaleiro necessita.

Duas vezes por semana, essa dupla imbatível faz terapia na água.

Os grampos e os parafusos de aço parecem estar funcionando, mas as visitas regulares de seu herói são o mais essencial para a recuperação do canino.

Quando Mike visitou esta semana Cavaleiro em sua casa de recuperação, o cachorro não aguentou de tanta felicidade e saltou em seus braços, apesar de seus músculos e ossos ainda estarem fracos.

“Isso me surpreendeu”, diz ele. “Foi a primeira vez que ele fez isso”.

Mike perdeu o jogo do seu time do coração, mas ganhou o coração de um cachorro que estava morrendo na neve.

E cada vez que ele visita Cavaleiro em sua casa adotiva, Mike consegue levantar o troféu mais precioso na Terra: um animal infinitamente grato, que nunca vai esquecer o homem que salvou sua vida.

Compartilhe com seus amigos e familiares. Por vezes temos de abdicar de certas coisas, para ganharmos coisas ainda maiores.

Você está a um clique de compartilhar esse artigo com todos os seus amigos. ❤🐾



VEJA TAMBÉM





Envie seu comentário