Cachorro que foi resgatado da rua derrotou o câncer e foi adotado por uma mulher carinhosa

Cachorro que foi resgatado da rua derrotou o câncer e foi adotado por uma mulher carinhosa

Infelizmente, assim como em outros lugares ao redor do mundo, a cidade de Bali (Indonésia) está cheia de cães perambulando nas ruas. Muitos abrigos tentam ajudá-los e salvar o maior número possível, mas muitas vezes ficam sobrecarregados.

Por isso é tão importante que as pessoas também façam algo, como não ignorar os animais feridos nas ruas e ajudá-los, Isso é exatamente o que este bom samaritano chamado Aaron fez quando viu um cachorro ferido, triste e solitário na beira da estrada.

Aaron viu este cachorro perdido, ferido e assustado na beira da estrada em Bali e soube que precisava ajudá-lo imediatamente. O pequenino estava perigosamente perto das ruas e com muito medo de humanos, não deixando ninguém se aproximar.

“Dirigindo no desvio vi esse cachorro preso na reserva central, apenas sentado lá. Eu parei, desesperadamente preocupado que ele fosse atropelado por um carro se eu não ajudasse”, contou ele. “Ele estava com fome e desidratado e obviamente com muita dor.”

Rapidamente, Aaron resolveu pedir ajuda para alguns rapazes locais de uma loja de pneus, o que resultou em uma fuga do cãozinho para o outro lado da estrada.

“Achei que a princípio ele tinha apenas um problema de pele, mas, quando cheguei perto, vi todos esses tumores, que pareciam ter estourado”, continua Aaron. “Parte meu coração saber que ele teve permissão para ficar assim e provavelmente milhares de humanos o viram antes de mim.”

No começo o pequeno não deu o braço a torcer e não se aproximou, mas com um claro semblante de sofrimento. Eventualmente, a fome o dominou e ele resolveu comer a comida oferecida pelo amante dos animais.

“Tudo que eu queria era agarrá-lo, mas ele estava com tanto medo de humanos. Ele não demonstrou nenhuma agressão e, eventualmente, sua barriga levou a melhor e ele se aproximou de mim.”

Mesmo depois de horas, o medo do cãozinho em se aproximar persistia e Aaron não conseguiu pegá-lo. Então, a única solução possível foi pedir para um refúgio para ajudá-lo, o que foi prontamente acatado pelos voluntários.

“Claro, eu só queria ajudá-lo, então estava preso em uma encruzilhada sobre o que fazer. Eu não poderia deixá-lo lá. Entrei em contato com Bali Animal Welfare Association para perguntar se eles poderiam ajudar a capturá-lo e eles gentilmente concordaram em ajudar”, conta Aaron.

Por fim, o cachorro, agora chamado por Aaron de Homer, estava são e salvo na clínica. Aaron pagou todas as contas do veterinário, que infelizmente descobriram que ele tinha câncer e precisava de quimioterapia. Seu salvador e todos os envolvidos estavam com muito medo por sua vida.

Homer não era nem um pouco agressivo, ele simplesmente não confiava nos humanos. Aaron não queria invadir o espaço pessoal do cão, então passava horas por dia sentado em sua gaiola, tentando mostrar a Homer que os humanos podem ser gentis.

Depois de alguns dias, Homer finalmente deixou Aaron se aproximar e os dois se sentaram juntos. Logo, ele poderia bravamente acariciar e acariciar o cachorro sem que ele ficasse assustado. Homer mostrou que era, mesmo sendo grandalhão, tinha uma personalidade doce.

Se passaram três meses e, felizmente, o câncer foi embora e Homer começou a deixar crescer todo o seu pelo branco e fofo de volta. O pequeno cãozinho agora poderia ser adotado e viver a vida que merecia depois de todo sofrimento que passou.

Para a nossa felicidade, a adoção de Homer não demorou muito. Nungki, uma amiga de Aaron, se apresentou e ofereceu ao cãozinho um lar definitivo. Agora ele é um cão completamente feliz, fofo e incrível, que está confortável e com grandes aventuras pela frente.

Compartilhe com seus amigos e familiares no Facebook, para fazer isso é muito simples, basta você clicar na imagem abaixo. ❤🐾



Envie seu comentário