Cachorro cego se recusa a sair do abrigo, não sabe mais viver sem seu gato-guia

Cachorro cego se recusa a sair do abrigo, não sabe mais viver sem seu gato-guia

Um cachorrinho cego encontrou uma maneira de se adaptar à sua condição graças à ajuda incondicional do seu próprio guia, um gato particular que se tornou seu guia.

Se você pensa que cães e gatos são inimigos ferrenhos e que não podem ser vistos juntos, hoje trazemos uma história que o fará repensar aquela concepção banal, mas ao mesmo tempo, completamente a anos-luz da realidade.

Um cachorrinho cego recusou-se a deixar o abrigo sem seu gato-guia.

É o caso de Spike e Max . O primeiro é um cachorrinho com cegueira e Max, seu fiel amigo felino .

Eles são como a dupla dinâmica, mais próximos do que Bonnie & Clyde. Eles são amigos e cúmplices, mas além disso, o nobre gatinho tem contribuído muito para que seu cachorro tenha uma vida mais suportável.

“O gato o ajudou em sua aventura pela sobrevivência. Eles se seguem em todos os lugares, fazem tudo juntos e dormem aninhados ”.

Eles se amam como os irmãos mais leais

Ambos se complementam de uma forma linda e muito particular. Spike tem 8 anos e Max, a mesma idade, e eles estão juntos a vida toda.

Ambos foram simultaneamente deixados fora de uma organização de bem-estar animal com sede em Alberta, Canadá.

Eles nunca foram separados por um segundo. Eles são os melhores camaradas que alguém poderia querer ter.

Os dois bichinhos mereciam uma vida melhor

“Recebemos uma ligação sobre um cachorro mais velho e um gato em uma propriedade. Eles nos disseram que, devido as baixas temperaturas, eles honestamente não sabiam se teriam a qualidade de vida certa e se seriam capazes de provê-los da melhor maneira “.

E é isso, Spike depende totalmente de Max para se mover. O felino são seus olhos, seu guia incondicional e fiduciário da confiança canina. Segundo Deems, o gato o ajudou muito a seguir em frente, eles vão a qualquer lugar juntos.

Mesmo quando eles vão dar um passeio, Max se liberta um pouco, mas Spike o procura desesperadamente.

Spike não sabe mais como viver sem Max

Os voluntários ficam maravilhados ao ver como Max não deixa Spike por nada. Leva você pelas rotas mais seguras e até desenvolveu certos sinais de comunicação: ronronar curto ou longo, bater uma ou duas vezes com a pata, um “miau” prolongado ou um assobio.

O verdadeiro amor levou o gatinho a aprender coisas inimagináveis ​​só para ajudar o amigo

Portanto, não havia a menor dúvida de que esse par deveria ser adotado junto. Uma foto publicada na web concretizou o seu sonho e, por fim, os dois amigos foram adotados por uma jovem que lhes dará a melhor vida que merecem.

Eles não podiam acreditar que alguém tinha se apaixonado pelos dois

Eles entraram no abrigo como amigos, mas se tornaram mais do que irmãos:

Os animais são a coisa mais fofa, doce e inocente do planeta. Eles nos dão ampla evidência de que uma condição especial não é um obstáculo para o que você propõe, muito menos para o amor.

O amor e a entrega mútua e incondicional não conhecem fronteiras ou espécies. Essa história emocionante deve nos ajudar a convencer a todos sobre a maravilha da adoção.

Você está a um clique de compartilhar esse artigo com todos os seus amigos. ❤🐾



Envie seu comentário